16/09/2021

Reabertura da Universidade

A AUTITV – Associação para a Universidade da Terceira Idade de Torres Vedras, informa que a Universidade dará início ao seu período de matrículas nas seguintes datas:

• Dias 22, 23 e 24 de Setembro de 2021, poderão os interessados, presencialmente, obter os documentos para matrícula, na sede da AUTITV, das 10h-12h e das 14h-16h30.

• Os documentos de matrícula estão também disponíveis, para imprimir, no site (www.autitv.com), blog (actividadesenior.blogspot.com) e página do Facebook da AUTITV, a partir do dia 22 de Setembro.

• O período de matrículas (presencial), terá início no dia 27 de Setembro de 2021 e terminará a 8 de Outubro de 2021, na sede da AUTITV, das 10h-12h e das 14h-16h30.

Mais se informa que os antigos sócios/alunos (com quotização regularizada), apenas terão de preencher a ficha de inscrição de aluno com as disciplinas pretendidas (no máximo 5) e apresentar o Certificado de Vacinação e número de utente (SNS).

Os novos sócios/alunos terão de preencher os seguintes documentos: Ficha de inscrição de sócio acompanhada de 2 fotografias; Acordo de Prestação de Serviços (inclui declaração de proteção de dados), Ficha de inscrição nas disciplinas (no máximo 5) e apresentar o Certificado de Vacinação e número de utente (SNS).

Nota: Todos os documentos, para efeitos de matrícula, terão de vir devidamente preenchidos e acompanhados do comprovativo da transferência bancária / dinheiro / cheque.

Se optar por transferência bancária, o NIB a utilizar será o seguinte: 0018 000054311325020 30.

Qualquer esclarecimento adicional poderão os interessados contactar os serviços de secretaria, através do e-mail autitv@hotmail.com ou dos telefones: 261 326 244 e 916 609 622.

Regulamento de Inscrição e Renovação da Inscrição Sócio/Aluno - Ano Lectivo 2021-2022

1. A AUTITV disponibiliza todos os formulários e documentos necessários para o processo de inscrição de sócio e de aluno.

2. Quem pretender ser apenas sócio da AUTITV, o seu processo de inscrição será aceite quando estiver totalmente preenchido – ficha de inscrição e acordo de prestação de serviços (inclui declaração de proteção de dados), devidamente assinadas; fotos e pagamento dos valores devidos (quota de sócio e seguro).

3. Quem pretender ser sócio e aluno da AUTITV, o seu processo de inscrição será aceite quando estiver totalmente preenchido – fichas de inscrição de sócio e de aluno e acordo de prestação de serviços (inclui declaração de proteção de dados), devidamente assinadas; fotos; apresentar certificado de vacinação, número de utente (SNS) e pagamento dos valores devidos (quotas de sócio e aluno e seguro).

4. Os alunos poderão inscrever-se até ao máximo de 5 disciplinas.

5. Cada candidato, para além da sua inscrição poderá efetuar a inscrição de terceiros, até três pessoas, desde que os processos estejam completos.

6. Os alunos não poderão inscrever-se em disciplinas com horários sobrepostos nem em disciplinas com os mesmos conteúdos.

7. O número máximo de alunos por cada turma está dependente da capacidade da sala onde irá decorrer a disciplina, segundo as orientações emanadas pela DGS.

8. A constituição das turmas é feita por ordem de inscrição.

9. Será de cinco o número mínimo de alunos para a formação de uma turma.

10. Quando um candidato/aluno desistir de uma disciplina, deverá informar a Secretaria.


Requisitos de admissão como sócio

1. Podem ser sócios todas as pessoas singulares com personalidade e capacidade jurídicas que se inscrevam na Associação e sejam admitidas;

2. Preencher a Ficha de Inscrição de Sócio;

3. Duas fotos;

4. Assinar o Acordo de Prestação de Serviços (inclui declaração de proteção de dados);

5. Ser portador do Cartão de Cidadão ou do Bilhete de Identidade, do Número de Identificação Fiscal e do Número de Utente (SNS);

6. Pagamento de:

Quota de Associado – 18,00 € (anual)

Seguro – 7,00 € (anual).


Requisitos de inscrição como aluno

7. Ser sócio da Associação;

8. Ter a situação de reformado ou equivalente;

9. Idade igual ou superior a 50 anos;

10. Preencher a Ficha de Aluno, fazer prova do Certificado de Vacinação e Número de Utente (SNS);

11. Pagamento de:

Quota de Aluno – 80,00 € (anual).

10/08/2021

VI JOGOS FLORAIS FRANCISCO CANAIS ROCHA, SUBORDINADOS AO TEMA “A Voragem do Tempo”

No âmbito dos VI Jogos Florais Francisco Canais Rocha, subordinados ao tema "A Voragem do Tempo", foram atribuídos à aluna/sócia da AUTITV Maria Teresa Sarzedas, na categoria de Poesia, os seguintes prémios:


2º lugar

Título: QUEM É AQUELA?


Quem é aquela

Com quem me cruzo

No espelho inteiro

Do corredor?

Quem é ela

Que usa o que eu uso

(já em desuso)

Com tamanho despudor?

E ainda me lança

Desconfiança

Dum olhar cimeiro

Reprovador...


Também eu lhe minto

Escondendo o que sinto

Num segredo eterno

O sorriso airoso

Cabelo sedoso

Olhar amoroso

Um porte moderno!

Enfim!...

Tudo dentro de mim.


Menção Honrosa

Título: Entardecer


Entardecem as frescas alvoradas

Entardecem as jovens Primaveras

Tão inebriadas

Nos fulgores matinais

Tão radiantes

Em aromas e sais

Que nem dão conta

Do murmúrio

Das folhas outonais


Assim reparei

Que afinal

Também eu entardecia

Nos gestos e nos compassos

No suspiro dos cansaços

No olhar do dia-a-dia.

A Direcção agradece e felicita a participante.

31/07/2021

10ª Edição do Roteiro Fotográfico 2021 "Maria do Campo" - Flashes da Pandemia

É com orgulho e satisfação que damos conhecimento que a sócia/ aluna da Universidade Sénior de Torres Vedras, Ludovina Celeste Leal Pina Ferreira, obteve o 1º lugar na 10ª Edição do Roteiro Fotográfico 2021 "Maria do Campo", promovido pela Universidade Sénior da Golegã, com o tema Flashes da Pandemia. 

A fotografia premiada, com o título "Hora da Refeição no confinamento da família canina" foi a seguinte:

Parabéns à vencedora e a todos os que representaram a AUTITV com a sua participação.

21/07/2021

Faleceu Maria Albertina Dias Pimenta

Faleceu hoje, dia 21 de Julho de 2021, Maria Albertina Dias Pimenta, sócia e aluna da AUTITV.

O velório realiza-se amanhã, dia 22 de Julho, entre as 17h30 e as 21h00, na capela de São João. 

No dia 23 de Julho, sexta-feira, às 11h00, será a missa de corpo presente na capela de São João, seguindo-se o funeral para o cemitério de São Miguel. 

A Direcção manifesta sentidas condolências à família.

01/07/2021

Assembleia Geral - 29.06.2021

Realizou-se no dia 29 de Junho de 2021, pelas 14h30, nas instalações da AUTITV (cumprindo todas as regras de segurança impostas pela DGS), a Assembleia Geral Ordinária, para apresentação e votação do relatório e Contas do ano de 2020 e Parecer do Conselho Fiscal.

Estiveram presentes:
Na mesa da Assembleia, a Presidente da Mesa, o Vice Presidente, a 2ª Secretária, a Presidente da Direcção e o Presidente do Conselho Fiscal.
Na Assembleia participaram quinze associados.


21/06/2021

28ª Edição dos Jogos Florais 2021

É com orgulho e satisfação que damos conhecimento que as sócias / alunas da Universidade Sénior de Torres Vedras, Maria Ernestina Parreirinha e Maria Teresa Sarzedas, participaram na 28ª Edição dos Jogos Florais (Jogos Florais 2021), promovida pela UATI - Universidade do Algarve para a Terceira Idade, com o tema Do medo à Solidão ... Envelhecer em Pandemia e obtiveram a seguinte classificação: 


1º lugar na modalidade  PROSA - ENSAIO 

Maria Ernestina Parreirinha

Peça premiada: Viver e sobreviver em Pandemia


"Viver e sobreviver em Pandemia

A partir de março de 2020, o Covid 19 veio revolucionar os hábitos da nossa sociedade e do mundo em geral. Esta doença (vírus) propaga-se através do convívio interpessoal e é transversal a toda a humanidade. Contudo, como as pessoas das classes etárias mais velhas, e os mais desfavorecidos financeiramente, têm mais dificuldade em superar o seu impacto devido à fragilidade orgânica e material.

A organização política e social mundial, foi posta em causa com esta pandemia. Esta desarrumou o planeta, a casa das casas. Pôs em causa as leis dos Estados. Passámos a dar mais atenção aos cientistas e a seguir as suas recomendações para que possamos defender desta doença que veio pôr em causa a nossa saúde e a nossa livre circulação no mundo. Politicamente adotaram-se regras, do estado de emergência ao estado de confinamento e vice-versa. Tornou-se obrigatório o uso da máscara e a higienização das mãos com os géis de álcool. Estabeleceu-se o distanciamento social. Procedimentos que qualquer cidadão é obrigado a adotar.

Todo este cenário prova que no percurso da humanidade, as regras sociais, não são um bem adquirido. A vida é uma constante mudança, lá dizia o poeta. É uma luta evolutiva continua que, nos modela de modo a podermos conseguir enfrentar este e outros desastres civilizacionais. Não podemos perder a esperança.

Dentro das grandes mudanças impostas, a que tem mais impacto nas pessoas é, na realidade o distanciamento social. Somos animais sociais e de hábitos. A rutura imposta na troca de experiências no convívio pessoal, do dia a dia, gera muita angústia que por vezes leva a distúrbios psicológicos. Portanto, tivemos que parar e tivemos que pensar. Pensar outra forma de dar algum sentido aos nossos dias. Sim, porque vivemos numa sociedade de consumo e permanente circulação. Acabamos por consumir muito mais do que precisamos, tanto a nível material ou imaterial.

A organização económica do mundo criou modas e necessidade ao cidadão em que, as suas rotinas diárias por vezes, passam por uma troca de coisas por coisas. Neste processo, andamos todos muito ocupados à procura de encontrar algo que realize os nossos “sonhos”. Esta forma de viver e conviver em sociedade é transversal a todas as classes etárias. Os mais velhos, até viram nesta opção uma forma de dar mais sentido às suas vidas, sobretudo depois de se retirarem da sua profissão ativa.

Portanto, os hábitos diários que adotámos, foram postos em causa. Foram proibidas as visitas à família, a ida à universidade, ao ginásio, ao cinema, o almoço fora ou a ida à esplanada com os amigos… e a livre circulação entre concelhos para realizar qualquer tipo de vivência. Estas foram algumas das proibições implementadas para que, as pessoas não propaguem o vírus, não provocando uma mortandade agressiva na sociedade.

A alteração de certas regras sociais, são o prenúncio para a passagem para um novo mundo que, com muitas interrogações, temos que aceitar, mas que nos angustiam psicologicamente. Temos que abandonar alguns hábitos que praticávamos, os quais tínhamos como um valor adquirido no nosso meio social. Mas o tempo transforma as coisas e a caducidade também vale para as leis que regem a sociedade. Entrámos num novo paradigma social, e este abrange qualquer cidadão do mundo.

Por tudo o que deixámos de poder fazer, estamos a perder o espanto pelo quotidiano. Neste momento a vida tornou-se mais monótona, sentimos que uma hora se tonou igual à outra. Mas, vamos de ter de abandoar este ócio que gera um certo tédio.

Às vezes o ócio está na origem de novas descobertas. É um tempo para pensar e refletir no maravilhoso que a vida nos oferece. Usemos a nossa liberdade, adotando novas soluções para a fruir com mais qualidade afetiva. Para tal as novas tecnologias irão facilitar essa nova maneira de convivermos no espaço público e privado.

Vai ser parte da solução, a utilização dos parques, os jardins, os jogos, o campo e a contemplação da natureza em passeios pedestres. A permanência mais assídua em casa para a dedicação à leitura, que por vezes adiávamos para os dias mais chuvosos. As tertúlias familiares vão regressar ao espaço privado. Os filmes que ainda não vimos, vão ser um meio de entretenimento familiar.

O reencontro com este consumo de lazer vai-nos oferecer novas experiências das quais, alienadamente, nos viemos a afastar. Vamos adotar um caminho mais natural e menos comercial. Vamos resistir ao caldo social em que, a correria para os espaços comerciais seja feita com mais parcimónia, não nos escravizando como condição imprescindível no dia a dia. Sim porque como seres humanos, entrámos numa roda dentada, que nos traz pouco fortalecimento espiritual e social. Somos coagidos a estar nesses sítios pela “moda” e pelo apelo publicitário ligado a uma trama financeira bem oleada, em que fazemos compras sem por vezes termos necessidade de certos produtos. “Fazem-nos acreditar que assim, somos mais felizes.”

Temos que criar novos hábitos para gerar uma vida mais plena, onde o planeta também seja poupado a tanto desperdício material, ajudando o meio ambiente. Vamos limpar as cidades de tanta poluição sonora e de nevoeiros tóxicos, fazer dos rios um espelho refletor da nossa ação onde o detergente não os torne pestilentos. Vamos evitar que o planeta nos surpreenda mais uma vez devido ao nosso consumo exagerado. Não deixemos que a indústria alimentar impere na produção de produtos do seu interesse financeiro e económico. Não nos deixemos manipular. Usemos com parcimónia os veículos motorizados sobretudo dentro das cidades.

Espero que socialmente, aproveitemos esta situação, e se faça um esforço e se evolua do desperdício, em que afogamos o meio ambiente, à abstenção do consumo de bens que a publicidade incute nas pessoas, formatando-as.

O supérfluo cria desarmonia à vida das pessoas e do planeta. Há muito a fazer, cada pequeno passo fará a diferença na qualidade de vida que iremos proporcionar às futuras gerações, sem exceção de classes. Essa ocupação tem de ser um voluntarismo permanente de todos os cidadãos do mundo. "

2º lugar na modalidade  QUADRA 

Maria Teresa Sarzedas

Quadra premiada: Pandemia


PANDEMIA 

Sopinhas  de solidão

Na velhice dão azia…

P'ra estragar a refeição

Já cá está a pandemia.

1º menção honrosa na modalidade   ENSAIO 

Maria Teresa Sarzedas

Peça premiada: Os anos passam depressa


OS ANOS PASSAM DEPRESSA

“Quando eu for velhinha…” pensava eu, às vezes, quando estava ao pé da minha avó.

Ela não trabalhava, recebia um dinheirinho do banco todos os meses, e punha sempre 5 escudos no meu mealheiro.

Passeava devagarinho, regava as flores, fazia-me camisolas de malha, contava histórias e também brincava comigo… e eu, sem conhecer ainda a vida, julgava que quando fosse velhinha seria também assim, este aparente mar de rosas!

Mas os anos passam e as vidas mudam, de casa, de terra, de país, e afinal o que pode ter de bom esta independência adquirida, que a idade quase sempre nos oferece?

Mesmo assim, por que não tirar partido das ínfimas coisas, e rir do que nos acontece todos os dias, desde que não seja grave?

Rir quando encontramos a carteira no frigorífico, os óculos no armário dos sapatos ou a caixa de fósforos na casa de banho!

E também, dentro da solidão, poder acordar de noite, acender a luz e tropeçar nos pés da cama, sem ter de ouvir “Chiu, quero dormir, apaga a luz”!;

poder ir de madrugada à cozinha e fazer um estardalhaço com as tampas das panelas, só para tirar o púcaro de aquecer o leite;

e até acender a televisão!

Medo? Qual medo?

Medo tinha eu do lobo do Capuchinho Vermelho e do lobo dos Três Porquinhos (que não sei se é o mesmo), e do Monstro da Bela.

Mas isso já lá vai, já perdi os medos todos! ... a não ser deste medo que anda aí, invisível, pior que o lobo, pior que o monstro e, este sim, nos tira bocados de vida.

Quem nos dera deixar de ouvir falar em pandemia, confinamento, covid-19…

Por isso, ainda mais temos de utilizar todos os bocadinhos para rir!


3º menção honrosa na modalidade  EXCERTO DE DIÁRIO 

Maria Teresa Sarzedas

Peça premiada: Remédio

Remédio

- “Não há remédio para o medo da solidão…” - dizem alguns.

- “Dá-me a tua mão.” - conseguem dizer outros.


A Direcção da AUTITV agradece e felicita com muito orgulho as participantes.

04/06/2021

Mensagem da Presidente da Direcção, Maria Manuela Estêvão, no dia do XVIII Aniversário da AUTITV, realizado a 4 de Junho de 2021

PARABÉNS à AUTITV que completa hoje, dia 4 de Junho, dezoito anos de existência.

Não festejamos o aniversário em convívio presencial como todos gostaríamos, mas pelas razões impostas pela situação que ainda vivemos, estamos em convívio online, que as novas tecnologias da plataforma Zoom felizmente nos permitem.
E, cá estamos nós seniores, uma vez mais, a sacudirmos as limitações e a desafiarmos as nossas capacidades de conhecimento e superação.
É, também este, um dos objectivos da AUTITV que, entretanto, vai integrando os seniores na sociedade, promovendo actividades culturais, artísticas e lúdicas, usando pedagogias de saber adquirido, valorizando experiências, potenciando a criatividade e a partilha de conhecimentos.
A AUTITV fez, nestes 18 anos, um percurso que nos orgulha.
Passaram por ela, muitos rostos, muitas ideias e valores que a marcaram como instituição de referência, tão proclamado pelos nossos autarcas. Sentimo-nos orgulhosos e agradecidos.
Não podemos esquecer também a grande força do voluntariado que a enobrece com o seu altruísmo.
A AUTITV, nesta fase difícil da pandemia, soube parar quando era prudente salvar vidas e soube caminhar e encontrar soluções para honrar compromissos de continuidade, evitar a estagnação e o isolamento.
Um agradecimento à preciosa colaboração de professores e alunos que aceitaram o desafio do ensino online e à valiosa coordenação dos trabalhos exercida pela nossa administrativa Catarina e que nos permitem continuar até meados de Junho em actividade lectiva.
O futuro, com as vacinas, afigura-se-nos mais promissor e, como tal, contamos iniciar as matrículas em Setembro para começarmos o ano escolar em Outubro.
Até lá, iremos trabalhar para conseguir esta realidade.


Os Parabéns foram cantados e apagadas as velas do bolo.
O Hino da AUTITV, com letra de Maria do Espírito Santo e música de Manuel Peixoto foi entoado pelos presentes na sessão online.
Foi apresentado o vídeo com a exposição das fotografias seleccionadas pelos alunos e professor, António Lourenço Luís, da disciplina Oficina da Fotografia.
A comemoração terminou com a recordação em vídeo, de momentos da Serenata ao Luar cantados pelo "Grupo dos 70".

Exposição da disciplina de Oficina da Fotografia

Apresentação do vídeo com os trabalhos resultantes das aulas online, realizados pelos alunos da disciplina - Oficina da Fotografia, orientada pelo professor António Lourenço Luís.

XVIII Aniversário - 4 de Junho


Parabéns à AUTITV que celebra hoje, dia 4 de Junho, o seu XVIII Aniversário.

Na impossibilidade do convívio presencial estaremos online, às 11 horas, como divulgámos aos nossos associados.

Desejamos que em 2022 possamos estar todos reunidos a comemorar mais um ano com a solenidade e a alegria que a AUTITV merece.

A Direcção

04/05/2021


É com grande pesar que assistimos à partida abrupta de quem tanto sonhou e trabalhou para elevar a nossa cidade e concelho.
AUTITV solidária na dor, manifesta à família enlutada, sentidas condolências por tão grande perda.
Obrigado Exmo Senhor Presidente Carlos Manuel Bernardes pela consideração e amizade que sempre manifestou pela AUTITV.
O seu nome não será esquecido!
Descanse em Paz.

16/04/2021

Concurso de Poesia

Embora a AUTITV esteja encerrada para aulas presenciais, continua activa e aberta a projectos. 

Deste modo, é com orgulho e satisfação que damos conhecimento que a Universidade Sénior de Torres Vedras, a convite da Universidade - Projectos de Vida Sénior - da Marinha Grande, participou, com a colaboração das sócias Manuela Braga e Teresa Sarzedas, no "I Concurso de Poesia Mário Rui Sousa "com o tema Esperança, as quais obtiveram a seguinte classificação, com poemas de sua autoria: 

2º lugar na categoria "Público adulto - alunos e professores de Universidades Sénior" 

Maria Teresa Sarzedas

Poema: Esperança



2º lugar na categoria "Público adulto em geral - a partir dos 19 anos"

Maria Manuela Braga

Poema: A cor da esperança



A Direcção da AUTITV agradece a colaboração e felicita como participantes pelo trabalho desenvolvido.

26/03/2021

23/03/2021

Faleceu José Afonso Alves Torres


Faleceu no passado dia 19 de Março, José Afonso Alves Torres, sócio e professor de Desenho e Pintura na AUTITV. 

A Direcção manifesta sentidas condolências à família.

08/03/2021

Dia Internacional da Mulher

Hoje, dia 8 de Março de 2021, Dia Internacional da Mulher, felicitamos todas as que passaram pela AUTITV e que deixaram o seu testemunho de vida.
Lembramos com saudade, as que já não se encontram entre nós.
Enviamos uma palavra de força às que se encontram doentes e encorajamos as que se sentem desalentadas.
Regozijamo-nos também, com as que celebram a Vida, com a força e a alegria do Existir.

Para todas, o nosso Obrigado!


A AUTITV não esquece, com tristeza dos que partem, mas também se alegra e testemunha momentos como este.

Zulmira da Conceição Jacinto Vieitas, sócia da AUTITV, desde o seu primeiro ano de existência, celebrou com os filhos, netos e bisnetos, a festa dos 100 anos de aniversário.
Para a D. Zulmira que durante anos nos acompanhou como associada e aluna, distribuindo a sua simpatia e saber, a AUTITV deseja-lhe Saúde e muitos Parabéns!



14/02/2021

Faleceu Idalina Maria Nogueira Lourenço


Faleceu no passado dia 13 de Fevereiro, vítima de doença prolongada, Idalina Maria Nogueira Lourenço, sócia da AUTITV. 
A Direção manifesta sentidas condolências à família.

12/01/2021

Aulas Online - Ano lectivo 2020/2021


Neste ano lectivo 2020/2021, na impossibilidade, por enquanto, de retomar as aulas presenciais, devido à Pandemia Covid 19, a AUTITV contactou os professores de todas as disciplinas no sentido de aferir da viabilidade de se efectuarem aulas por vídeo conferência, à semelhança, aliás, do que já tinha sido levado a cabo, com sucesso, pelos professores das disciplinas de Oficina da Fotografia e História de Portugal, ainda no anterior ano lectivo, logo após o encerramento da Universidade.

Assim, no passado dia 4 de Janeiro, deu-se início às aulas por vídeo conferência, através da plataforma Zoom, com 84 alunos distribuídos pelas seguintes disciplinas:

Direito

Bordados

História Local

Egiptologia

Paleografia

Cordofones

Psicologia

História Universal

Oficina do Papel

História de Portugal

Oficina da Fotografia

Feita a avaliação no final da primeira semana de actividades das referidas disciplinas, a AUTITV constata que todas as aulas decorreram dentro da normalidade e congratula-se com o entusiasmo e interesse revelados por alunos e professores que se disponibilizaram para fazer parte deste interessante projecto, que permite minimizar os transtornos que a pandemia trouxe à "vida" desta Universidade Sénior.

A todos
Um bem haja

Regulamentação das Universidades Seniores - Despacho número 132/2021

Decorridos quatro anos após a Resolução do Conselho de Ministros nº 76/2016, de 29 de Novembro, que reconheceu a importância das universidades seniores enquanto organizações da sociedade civil e de algumas autarquias, foi recentemente publicado o Despacho nº 132/2021, de 6 de Janeiro, que veio agora estabelecer as normas regulamentares da Rede de Universidades da Terceira Idade.
O teor do referido Despacho poderá ser consultado através do seguinte link:

Questionário sobre a reforma e a pré-reforma

Na sequência de um pedido de ajuda para divulgação de um questionário sobre a reforma e a pré-reforma, que se destina a pessoas com mais de 55 anos de idade (activos ou reformados há menos de 5 anos), com o objectivo de poder ser efectuada uma análise sobre a forma como pensam, planeiam e sentem o tema da reforma, indica-se o seguinte link, que propicia a consulta do referido questionário e permitirá, a quem estiver interessado, proceder ao seu preenchimento e envio:

11/01/2021

Faleceu João Lopes


Faleceu no passado dia 11 de Janeiro, o Eng.º João Lopes, sócio e aluno da AUTITV. 

A Direcção manifesta sentidas condolências à esposa, Prof.ª Palmira Cipriano Lopes e família.