30/10/2009

Entardecer de Outono

Escuta
Este silêncio parado no ar
O coro das aves
Em bando a passar

Escuta
A poesia dos tons e das cores
No rio, na fonte,
Na urze, na giesta do monte

Escuta
Os pedaços de sonho que há num olhar
A sede de querer

Ver o tempo parar

Escuta
Até que o sol arrefeça
E a Lua se despeça
Entre as cores da manhã

Escuta
Não ouves?
É um Nocturno de Chopin.


Poema de Maria do Espírito Santo Miranda
Imagem de Maria Manuela Duarte Estevão





2 comentários:

Andradarte disse...

Já era tempo de alegrar este Blog.
O senhor que se segue??!!!!
Há por aí muitos talentos .......
Parabéns.

Leandro Guedes disse...

Parabéns às autoras.
Beijinhos
Leandro Guedes